Publicidade

Estado de Minas

Funai dará prioridade à qualidade de vida das mulheres indígenas


postado em 26/04/2012 21:59

Brasília – Prioridade às políticas que valorizem a qualidade de vida das mulheres indígenas e o começo das obras da nova sede da Fundação Nacional do Índio (Funai) foram apontadas hoje (26) pela nova presidenta da instituição como metas de sua gestão. A antropóloga Marta do Amaral Azevedo tomou posse nesta quinta-feira.

Ela é a primeira mulher a assumir o comando da Funai. Na cerimônia de posse, Marta disse que dará continuidade às políticas implementadas na gestão anterior, por Márcio Meira, e que as obras da nova sede começarão ainda este ano. “Já está previsto, no Orçamento deste ano, o recurso para a edificação da nova sede da Funai. Em breve, teremos toda a estrutura que precisamos para fazer um bom trabalho”.

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso, disse que Marta tem todas as qualidades para comandar a Funai e destacou que o cargo de presidente da fundação é um dos mais “difíceis de se comandar na República". “São séculos de opressão contras os índios, são muitos conflitos, pressões da sociedade, do Congresso [Nacional], da mídia. É preciso ter muita coragem, respeito e habilidade para ocupar esse cargo, e estes dois possuem essas qualidades”, disse Cardozo, fazendo menção também a Meira, que agora é assessor no Ministério da Educação.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade