Publicidade

Correio Braziliense

Motoristas de ônibus do Rio poderão ser capacitados em cidadania

Inicialmente, serão 500 vagas para motoristas de transporte coletivo e mais 1,4 mil para as diversas áreas do setor


postado em 12/04/2013 20:50

Rio de Janeiro – Motoristas de ônibus, táxis e vans da capital fluminense vão poder passar por uma capacitação nas áreas de cidadania e de relações pessoais. Nesta sexta-feira (12/4), a Secretaria Estadual de Trabalho firmou convênio com o Serviço Social do Transporte (Sest) e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat).

O convênio é assinado uma semana após a queda de um ônibus de um viaduto na Avenida Brasil, após uma briga entre o motorista e um passageiro, causando a morte de sete pessoas, e o um assalto seguido de estupro de um casal de turistas dentro de uma van de transporte alternativo da cidade.

Inicialmente, serão 500 vagas para motoristas de transporte coletivo e mais 1.400, por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), para as diversas áreas do setor. Os cursos vão abordar temas como cidadania, autocontrole e qualidade no atendimento ao passageiro.

Leia mais notícias em Brasil

Segundo a secretária de Trabalho, Claise Maria, o curso de aperfeiçoamento para os motoristas vai melhorar a relação com os passageiros. “O nosso compromisso é valorizar o trabalhador, seja, o motorista de van ou de ônibus. O curso irá aprimorar as relações interpessoal com os passageiros”, disse. Os motoristas poderão se cadastrar nas 62 unidades do Sistema Nacional de Emprego (Sine) noRio de Janeiro. As inscrições serão encaminhadas para o Sest/Senat.

De acordo com a Secretaria Municipal dos Transportes, o Rio tem cerca de 30 mil rodoviários, para uma frota de 9 mil ônibus.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade