Publicidade

Estado de Minas

Audiência da CPI dos ônibus, no Rio, é marcada por vaias à comissão

Manifestantes contra a formação da CPI provocaram tumulto ao invadir a galeria dos que são a favor da sessão


postado em 22/08/2013 13:18 / atualizado em 22/08/2013 13:31

Foi aberta às 10h desta quinta-feira (22/8) a primeira audiência da CPI dos ônibus sem a presença do único vereador da oposição, Eliomar Coelho (PSol), que propôs a criação comissão. Cerca de 120 pessoas ocupam o Plenário em duas galerias, uma da oposição e a outra que é a favor do vereador Chiquinho Brazão (PMDB) na presidência da comissão.

Leia mais notícias em Brasil

Manifestantes contra a formação da CPI provocaram tumulto ao invadir a galeria dos que são a favor da sessão. Os dois grupos chegaram a se enfrentar fisicamente e um sapato foi jogado nos vereadores que compõem a mesa. A guerra de palavras de ordem e vaias marcaram o início da sessão, que conta com a presença do secretário municipal de Transportes, Carlos Roberto Osório, do subsecretário executivo de Transportes, Alexandre Sansão, e do responsável pelas licitações dos contratos entre as empresas de ônibus e a prefeitura, Hélio Borges.

Com informações da Super Rádio Tupi

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade