Publicidade

Estado de Minas

Prefeitura do Rio mobiliza ações de saúde para população negra

O foco da ação é reforçar o acesso da população negra a todos os serviços de saúde pública da cidade


postado em 27/10/2014 18:26

O Dia de Mobilização Nacional Pró–Saúde da População Negra, celebrado nesta segunda-feira (27), contou com ações de promoção da saúde nas unidades de atenção primária (clínicas da família e centros municipais de Saúde) do município do Rio de Janeiro. As atividades incluíram palestras com orientações e informações sobre prevenção de doenças, dicas de atividades físicas, orientações nutricionais, sessões de filmes e oficinas culturais.

A subsecretária de Promoção, Atenção Primária e Vigilância de Saúde, da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Betina Durovni, explicou que o foco da ação é reforçar o acesso da população negra a todos os serviços de saúde pública da cidade. “Os indicadores [sociais] ainda mostram maior vulnerabilidade desse grupo para algumas questões de saúde, e sabemos que para melhorar precisamos dar acesso, então a maioria das atividades são para atrair esse público”, comentou e adiantou que as atividades são feitas ao longo do ano.

Algumas unidades promoveram palestras com os temas Saúde da População Negra junto aos Princípios e Diretrizes da Atenção Primária e Direitos Humanos dos Negros no Brasil, além de atividades físicas e rodas culturais, como dança e samba de roda (maculelê e capoeira), filmes educativos de combate ao racismo e à violência doméstica.

Leia mais notícias em Brasil

Em Campo Grande, zona oeste do Rio, a Clínica da Família Dr. Mário Vitor de Assis Pacheco programou palestras também para os dias 29, 30 e 31 - de quarta a sexta-feira - nas salas de espera, com dicas e orientações nutricionais, avaliações médicas e atividades especiais para idosos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade