Publicidade

Estado de Minas

Morre o jornalista Sandro Vaia aos 72 anos

Vaia era ex-diretor de redação do jornal O Estado de S.Paulo.


postado em 03/04/2016 15:16

O jornalista e escritor Sandro Vaia morreu na noite de ontem, aos 72 anos, depois de uma cirurgia gástrica. Ele estava internado há três semanas no Hospital 9 de julho, em São Paulo, e teve falência múltiplas dos órgãos. Vaia era ex-diretor de redação do jornal O Estado de S.Paulo.

Sandro Vaia nasceu na Itália e morou no Peru e na Bolívia antes de, aos 6 anos, mudar-se para o Brasil. Vaia publicou dois livros: A ilha roubada: Yoani, a blogueira que abalou Cuba e Armênio Guedes - Sereno Guerreiro da Liberdade.

Além dos mais de 30 anos dedicados ao Grupo Estado (onde foi também diretor de informação da Agência Estado), o jornalista trabalhou na equipe que fundou o Jornal da Tarde, na década de 60, e trabalhou no veículo como repórter, redator, subeditor e editor. Vaia foi também editor executivo da revista Afinal. No Estadão, ele comandou a redação do jornal entre 2000 e 2006

Sandro deixa a mulher, Vera, a filha Giuliana e a neta, Ana Luisa. O corpo será enterrado hoje, em Jundiaí.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade