Publicidade

Correio Braziliense

Diretor de multinacional é demitido após usar fantasia racista em festa

Empresa confirmou o desligamento, mas afirmou que não comentará o assunto


postado em 05/01/2018 15:16

(foto: Reprodução)
(foto: Reprodução)

 
É comum que, depois de um ano estressante de trabalho intenso, as empresas façam confraternizações entre os funcionários. Porém, uma dessas festas de fim de ano acabou indo longe demais e acarretou na demissão do diretor executivo da multinacional Salesforce no Brasil – empresa conhecida por produzir softwares para diversas empresas como a Embraer e a iFood.
 
 
Durante a festa, foi realizado um concurso de fantasias entre os funcionários, em que o primeiro colocado levaria um prêmio de R$ 3.000,00 para casa. A decisão seria tomada em conjunto por meio de uma votação entre os quase 250 participantes da confraternização.

Um dos funcionários, da área de vendas, decidiu se fantasiar como um meme popular no WhatsApp para tentar levar o primeiro lugar no concurso – o dito 'Negão do WhatsApp' – meme que é considerado racista. Ele, então, vestiu-se com uma camisa azul, uma toalha no ombro, um chapéu rosa e, tal qual o personagem, produziu uma ‘prótese’ para imitar o ‘avantajado pênis’ do meme. O funcionário ficou em quarto lugar.
 
O problema veio quando uma foto do evento – em que o tal funcionário aparece no centro – começou a circular pelas redes sociais, até chegar à sede da empresa em San Francisco, nos EUA. Ninguém sabe, ao certo, o que aconteceu e qual foi o impacto real que a fotografia gerou na diretoria-mor da empresa, mas o fato é que o funcionário fantasiado, o diretor comercial e até mesmo o presidente da filial brasileira acabaram demitidos.

A empresa confirmou o desligamento dos funcionários, mas afirmou que não comentará o assunto.
 
Via blog Olha Só 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade