Publicidade

Correio Braziliense

Homem é preso ao tentar vender produtos roubados para a própria vítima

Polícia deteve em flagrante homem que vendia os produtos pela internet. Prejuízo está estimado em mais de R$ 100 mil


postado em 23/01/2018 07:55

Os produtos já estavam sendo anunciados na internet, poucos dias após o roubo(foto: Polícia civil/Divulgação )
Os produtos já estavam sendo anunciados na internet, poucos dias após o roubo (foto: Polícia civil/Divulgação )

Leonardo Lucas de Oliveira Almada pretendia vender produtos roubados de uma loja especializada de videogames na cidade de Santos, litoral de São Paulo. Porém, ele não contava que seu comprador era justamente o dono de estabelecimento roubado, que conseguiu preparar uma armadilha junto à polícia para prendê-lo. O assalto foi registrado no dia 14 de janeiro de 2018 e, poucos dias depois, os produtos já estavam sendo anunciados na internet.
 

O dono da loja contou com o apoio do 4° Distrito Policial da cidade quando negociava com Leonardo. Eles fecharam um acordo de R$ 1.350 para a venda dos equipamentos, feita em dinheiro. Um adolescente de 15 anos seria usado como auxiliar na venda. Para o falso encontro, a vítima foi acompanhada por dois investigadores, responsáveis pela detenção de Leonardo e do adolescente. O restante dos equipamentos foi encontrado na casa dele.

Leonardo foi preso em flagrante por receptação de produto furtado e corrupção de menor. Já o rapaz de 15 anos foi liberado na presença da mãe, tendo que responder por ato infracional. Segundo o portal G1, os produtos encontrados foram devolvidos ao empresário e a Polícia Civil investiga a ligação entre Leonardo e o assalto da loja.
 
Via Curiosamente 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade