Publicidade

Correio Braziliense

Policial civil e mulher são presos por matarem amante grávida em MG

De acordo com a corporação, a dupla armou uma emboscada para a vítima em outubro do ano passado. O bebê também morreu


postado em 07/02/2018 09:34 / atualizado em 07/02/2018 10:30


Um policial civil e sua mulher foram presos nessa terça-feira (7/2) suspeitos de matarem, a golpes de faca, a amante do homem, que estava grávida de oito meses do suspeito. De acordo com a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), a dupla armou uma armadilha para a mulher no dia 16 outubro de 2017, no Bairro Granja Werneck, na Região de Venda Nova, em Belo Horizonte. 

O mandado de prisão temporária foi cumprido pela Polícia Civil que, após investigações, concluiu a participação da mulher do policial, que foi indiciada e presa por homicídio. O casal, na época, esfaqueou Priscila com diversos golpes na barriga, causando, inclusive, a morte do bebê. 

O policial responderá pelo crime e uma cópia do inquérito será encaminhado para a Corregedoria, que vai instaurar um procedimento administrativo contra o suspeito. O delegado Sérgio Belizário, da Delegacia Especializada de Homicídios de Venda Nova, realizou o cumprimento do mandado de prisão com o apoio da Corregedoria de Polícia. 

*Sob supervisão da subeditora Ellen Cristie, do Estado de Minas

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade