Publicidade

Correio Braziliense

Temer visita obras de novo acelerador de partículas em São Paulo

O presidente Michel Temer deve visitar Campinas na quinta-feira (15/2). O custo total do projeto é de R$ 1,8 bilhão


postado em 13/02/2018 18:31

As 13 linhas de luz previstas para entrar em funcionamento até 2020(foto: Reprodução)
As 13 linhas de luz previstas para entrar em funcionamento até 2020 (foto: Reprodução)


O presidente Michel Temer irá, na próxima quinta-feira, (15/2), a Campinas (SP), onde visitará, às 11h, as obras do Projeto Sirius. Trata-se do novo acelerador de partículas, planejado para ser uma das melhores fontes do mundo de luz síncroton, usada para estudar a estrutura molecular de diferentes materiais

O custo total do projeto é de R$ 1,8 bilhão, montante que inclui o acelerador, o prédio, a mão de obra e as 13 linhas de luz previstas para entrar em funcionamento até 2020. O primeiro feixe de elétrons deve começar a operar em meados deste ano, caso não haja outro contingenciamento de recursos por parte do governo.

Atualmente, a área de ciência e tecnologia enfrenta sua maior crise, com corte de verbas para diversas atividades, o que pode pôr em risco o cronograma de obras. O Sirius é um projeto brasileiro, com aproximadamente 85% de seus componentes desenvolvidos totalmente no País.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade