Publicidade

Correio Braziliense

Criminosos trocam tiros em rua da zona oeste do Rio de Janeiro

Imagens da TV Globo mostraram homens fortemente armados fugindo da Comunidade Bateau Mouche em direção à Comunidade da Chacrinha após o tiroteio


postado em 26/03/2018 11:19

 A cena foi flagrada pelo helicóptero da TV Globo(foto: Reprodução/TV Globo)
A cena foi flagrada pelo helicóptero da TV Globo (foto: Reprodução/TV Globo)


Criminosos trocaram tiros na manhã desta segunda-feira (26/3) na região da Praça Seca, zona oeste do Rio de Janeiro. A cena foi flagrada pelo helicóptero da TV Globo. As imagens mostraram homens fortemente armados fugindo da Comunidade Bateau Mouche em direção à Comunidade da Chacrinha após o tiroteio.

O vídeo registrou homens armados sentados no porta-malas de carros, enquanto outros fugiam a pé. Alguns deles andavam calmamente pela via segurando fuzis. Um dos criminosos chegou a fazer sinal de parada para um automóvel que seguia na Rua Cândido Benício, em frente à estação do BRT. 

De acordo com o BRT, houve interrupção das linhas Fundão/Alvorada e Galeão/Alvorada por volta das 2h deste domingo, 25, devido à destruição de sete veículos e à depredação das portas de vidro da estação Praça Seca. A operação no corredor foi normalizada às 4h. 

A região das comunidades Bateau Mouche e Chacrinha é palco de constantes conflitos entre traficantes e milicianos desde dezembro de 2017, quando uma milícia que dominava a favela Bateau Mouche se dividiu por conta de divergências. Além dos milicianos, facções de traficantes também disputam o controle da região. 

Segundo a assessoria do Comando Militar do Leste, do Exército Brasileiro, a corporação não foi acionada. O Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) informa que ainda não há registros de chamados para a região. 

Até o fechamento desta matéria, a Polícia Militar do Rio de Janeiro ainda não havia se pronunciado sobre o assunto.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade