Publicidade

Correio Braziliense

Filho de agente penitenciário é assassinado a tiros em Belém

"Tem de morrer! É filho de agente," disse um dos criminosos


postado em 14/04/2018 11:06

"Tem de morrer! É filho de agente", essa foi a resposta dada por um dos quatro criminosos que mataram Daniel Teixeira de Oliveira, quando sua mãe implorava pela vida do filho, antes de ser assassinado. Já no chão, os criminosos efetuaram outro disparo no rapaz, que já estava ferido.

O crime aconteceu por volta das 19h30 da quinta-feira, 12, no bairro do Marco, em Belém. A vítima, de 27 anos, era filho de Maruzan Gonçalves de Oliveira, agente penitenciário lotado no Centro de Recuperação do Coqueiro. A polícia acredita que o servidor era alvo da ação.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade