Publicidade

Correio Braziliense

Criança de 3 anos que brincava com isqueiro incendeia a própria casa

Caso aconteceu no Bairro Mantiqueira, em Venda Nova, região metropolitana de Belo Horizonte, e Corpo de Bombeiros foi chamado para apagar as chamas; ninguém ficou ferido


postado em 09/07/2018 18:04 / atualizado em 09/07/2018 18:19

(foto: William Araújo/Norte Livre)
(foto: William Araújo/Norte Livre)


Uma criança de três anos provocou um incêndio em uma residência na rua Heleno Rodrigues da Silva, no Bairro Mantiqueira, em Venda Nova, região metropolitana de Belo Horizonte, na tarde desta segunda-feira (9/6). De acordo com a tenente Valquíria Coelho, do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG), um quarto da casa ficou inteiramente queimado, inclusive os móveis e eletrodomésticos. Ninguém ficou ferido.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a criança estava brincando com um isqueiro e teria colocado fogo em um colchão da casa. Segundo o tio da criança, Aílton Flaviano, moradores próximos à casa tentaram apagar o incêndio por conta própria, por meio de mangueiras. Entretanto, eles não obtiveram êxito e, por isso, o Corpo de Bombeiros foi acionado.

Chegando ao local, os bombeiros constataram que as chamas estavam altas, mas conseguiram extinguir as chamas. Após o rescaldo, a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil compareceu ao local para analisar as estruturas do imóvel. Neste trabalho se observou que a copa, a cozinha e sala foram atingidas parcialmente.

Em seu laudo, a Defesa Civil constatou trincas externas e internas nas paredes, e interditou a casa. O órgão prestou ajuda humanitária aos moradores, a partir da doação de quatro colchões, lençóis e cobertores. Eles foram encaminhados à moradia de um parente.

Segundo os moradores, o Corpo de Bombeiros demorou para comparecer ao lugar do acidente, fato que foi negado pela corporação. Na versão do órgão, o socorro chegou em 15 minutos.

O fato aconteceu a menos de um quilômetro do local exato do desabamento de um centro religioso, também no Bairro Mantiqueira, em maio deste ano. Na ocasião, o Corpo de Bombeiros resgatou oito pessoas feridas, que estavam dentro de um centro religioso.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade