Publicidade

Correio Braziliense

Brasil lidera ranking de mortes por arma de fogo no mundo

Pesquisa internacional mostrou que seis países das américas somam metade das mortes por arma de fogo do mundo


postado em 28/08/2018 21:26 / atualizado em 28/08/2018 21:29

(foto: Cadu Gomes/CB/D.A Press)
(foto: Cadu Gomes/CB/D.A Press)
O Brasil foi o país que apresentou o maior número de mortes por arma de fogo no mundo. Segundo dados da Pesquisa Global de Mortalidade por Armas de Fogo (Global Mortality from firearms, 1990 - 2016) , do Instituto de métricas e avaliação em saúde (Institute for Health Metrics and Evaluation), o país soma 43.200 mortes. Atrás do Brasil, vem os Estados Unidos, com 37.200 mortes. Apenas seis países das Américas comportam metade de todas as mortes por arma de fogo no mundo.

Brasil, Estados Unidos, México, Colômbia, Venezuela e Guatemala são os países que juntos somam metade das mortes por arma de fogo de todo mundo. O número corresponde a um total de 126.990 mortes. 

O estudo engloba mortes decorrentes do uso de armas de fogo, sendo elas homicídios, suicídios e acidentes. O recorte temporal é de 1990 até 2016, em 195 países e territórios. Foram separados casos de morte por faixa etária e sexo. Mortes em conflitos terroristas, execuções não foram contabilizados para os resultados finais da pesquisa.

Em uma análise total, o estudo mostrou que a maior parte dos países analisados pela pesquisa entre os anos de 1990 e 2016 tiveram queda nos índices a respeito do assunto. Porém, 41 países (praticamente metade da América Latina e do Caribe) demonstraram-se constantes em diversos indicadores substanciais a respeito de mortes por arma de fogo. 

No mesmo compasso que o número absoluto de mortes por armas de fogo aumentou de 209 mil mortes para 251 mil em 2016, a taxa de mortes pelo mesmo motivo diminuiu sutilmente nesse mesmo espaço de tempo. Durante os 26 anos englobados pelo estudo, o indicador de homicídios causados por essas armas se manteve estagnado, sem queda significativa. 

Homicídios:

O país El Salvador fica em primeiro lugar, com uma taxa de 38,9 mortes a cada 100 mil pessoas. Logo em seguida, vem a Venezuela (32,9), Guatemala (28,0), Colombia (24,3) e Honduras (21,6). No ranking de homicídios causados por morte de fogo, o Brasil encontra-se no 7º lugar, com taxa de 18,2 mortes a cada 100 mil pessoas.  

Suicídios:

A Groenlândia foi o país com a maior taxa de suicídios causados por arma de fogo com taxa de 22 mortes a cada 100 mil pessoas. Em segundo lugar, ficou os Estados Unidos com 6,4 mortes a cada 100 mil. O Uruguai atingiu o terceiro lugar desse ranking com 4,2 mortes/100mil pessoas. A Venezuela e a Argentina foram os outros dois países da América Latina que entraram no ranking de 10 países com maior taxa de suicídio por arma de fogo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade