Publicidade

Correio Braziliense

Inmet alerta para o risco de ciclone do Rio Grande do Sul até a Bahia

Quanto mais próximo do litoral, maiores serão os danos provocados pelas intempéries do clima


postado em 27/10/2018 07:00

Ondas de até sete metros e ventos acima de 100km por hora podem atingir neste fim de semana o litoral do Rio Grande do Sul até a Bahia. A formação de um ciclone extratropical no oceano Atlântico interrompeu a navegação de embarcações de pequeno e médio porte na região Sul. A orientação é para que pescadores e banhistas evitem o mar. Chuvas fortes, rajadas de vento e agitação marítima são esperadas pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) entre hoje e amanhã.

Quanto mais próximo do litoral, maiores serão os danos provocados pelas intempéries do clima. A Defesa Civil emitiu um alerta, em que destaca que reflexos do ciclone podem afetar sobretudo Santa Catarina. Florianópolis está em estado de alerta. Lá, o prefeito Gean Loureiro convocou órgãos de segurança para “respostas rápidas” a eventuais transtornos.

A Marinha destacou a possibilidade de reflexos no litoral do Espírito Santo e no Sul da Bahia. Nesses locais, os ventos podem chegar a 75km/h. Estão previstas chuvas intensas e alagamentos. “Os estados têm risco de tempestade de raios, granizo, vendaval e chuva intensa”, destaca boletim meteorológico. Ontem, os primeiros sinais do fenômeno puderam ser sentidos em algumas regiões. A chuva ganhou força em Curitiba, além de ressaca no litoral do Paraná.

“A maior atenção deve ser de quem mora na região litoral onde os sinais podem ser mais intensos. Áreas de instabilidade para chuva com rajadas de ventos entre 40km/h e 60km/h já são fortes. Ventos de 100km/h podem destelhar coberturas, quebrar galhos, danificar marquises e causar danos em construções”, explica a meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) Naiane Araújo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade