Publicidade

Correio Braziliense

Irmãs desaparecidas em Minas Gerais são encontradas em São Paulo

A família ainda não tem os detalhes da fuga e não soube informar como elas conseguiram chegar à capital paulista


postado em 05/11/2018 09:38

Marjorie Souza, de 13 anos, e Geovanna da Silva, de 15, estavam em um hotel na capital paulista(foto: Arquivo de família)
Marjorie Souza, de 13 anos, e Geovanna da Silva, de 15, estavam em um hotel na capital paulista (foto: Arquivo de família)

Foram encontradas em um hotel na cidade de São Paulo, neste domingo (4/11), as duas irmãs adolescentes de Contagem, na Grande BH, que estavam desaparecidas desde a última quinta-feira. 

O pai de uma delas, que mora no Rio de Janeiro, foi à capital paulista buscar as jovens, que foram levadas para a casa dele. Marjorie Souza, de 13 anos, e Geovanna da Silva, de 15, estavam bem. Segundo o padrasto, Eder Guedes da Silva, a localização ocorreu por iniciativa das próprias meninas. “A mais nova ficou com medo e entrou em contato com o pai”, contou.
 
As adolescentes foram vistas pela última vez na BR-040, nas proximidades da Ceasaminas, andando a pé. Elas se desentenderam com a avó no dia anterior e sumiram depois de afirmar a amigos que iriam para Santa Catarina, no Sul do país. Elas vestiam um uniforme estudantil no momento do desaparecimento – calça azul, camisa azul clara com detalhes em amarelo e vermelho e mochilas. Também carregavam R$ 5, biscoitos e itens pessoais, como roupas e materiais escolares. 

A família ainda não tem os detalhes da fuga e não soube informar como elas conseguiram chegar à capital paulista, já que não tinham dinheiro para a passagem nem para hospedagem. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade