Publicidade

Correio Braziliense

Casos de dengue aumentam em 23% durante temporada de chuva em Goiás

Os casos confirmados da doença saltaram de 42.328 casos em 2017, para 55.436 agora


postado em 22/11/2018 06:00

(foto: Tony Winston/Agencia Brasilia )
(foto: Tony Winston/Agencia Brasilia )

 

A um mês do verão, começa a guerra Aedes aegypti versus água parada. Com as chuvas em maior volume este ano, epidemiologistas estão preocupados com a infestação do mosquito e o volume de adoecimentos. A estação mudará em 21 de dezembro, mas os riscos já aparecem. Goiás vive uma situação grave. O número de doentes por dengue cresceu 23,64% em relação ao mesmo período do ano passado. Os casos confirmados da doença saltaram de 42.328 casos em 2017, para 55.436 agora. Ao todo, 12 estados apresentam aumento de casos em relação ao mesmo período de 2017. Acre e Rio Grande do Norte também estão com alta incidência.

A Secretaria de Saúde de Goiás acredita que o aumento de casos é explicado por causa da circulação do vírus tipo 2 — a dengue tem quatro sorotipos. O sistema imunológico do corpo humano registra apenas um vírus. Ou seja, quem já teve dengue do tipo 1 só pode ter novamente se ela for causada pela variação 2, 3 ou 4. A pasta garante que o índice de infestação do mosquito no estado está baixo. Lá, houve 1.025 casos por 100 mil habitantes.

No estado vizinho, três cidades têm alto risco de infecção: Bom Jardim de Goiás, Porteirão e Crixás. Sessenta e duas pessoas morreram e 30 óbitos continuam em investigação. No Entorno do DF, mais de 1,8 mil pessoas tiveram a doença. As situações mais delicadas são de Luziânia (478 casos), Águas Lindas (459) e Valparaíso (279).

Combate

Segundo dados do Ministério da Saúde, neste ano, o orçamento destinado para as ações de vigilância em saúde é de R$ 1,9 bilhão.“Este recurso é destinado à vigilância das doenças transmissíveis, entre elas dengue, zika e chikungunya e é repassado mensalmente a estados e municípios. Desde novembro de 2015, foram destinados cerca de R$ 465 milhões para pesquisas e desenvolvimento de vacinas e novas tecnologias”, explica a pasta, em nota. O governo goiano garante que intensificou o número de visitas em imóveis para eliminar o mosquito, saltando de 8 milhões em 2015, para 22 milhões agora. (OA)

Alerta

Casos de dengue no Entorno

Município - Casos


Águas Lindas - 459
Santo Antônio do Descoberto - 126
Novo Gama - 140
Valparaíso - 279
Cidade Ocidental - 102
Luziânia - 478
Planaltina de Goiás - 24
Formosa - 19
Cristalina - 158
Padre Bernardo - 67
Total: 1.852

 


Fonte: Secretaria Estadual de Saúde (GO)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade