Publicidade

Correio Braziliense

Surdo que tentou assaltar usando bilhete ganha liberdade provisória

Rafael Susin tentou roubar a loja de um posto de combustível em Curitiba. Para anunciar o crime, ele usou uma mensagem escrita


postado em 06/12/2018 12:22 / atualizado em 06/12/2018 12:27

Imagem da câmara de segurança e o bilhete usado na tentativa de assalto(foto: Reprodução)
Imagem da câmara de segurança e o bilhete usado na tentativa de assalto (foto: Reprodução)
A Polícia Civil do Paraná soltou, na manhã desta quinta-feira (6/12), o homem surdo que tentou assaltar a loja de conveniência de um posto de combustível utilizando um bilhete, no bairro de Vila Izabel, em Curitiba (PR). Identificado como Rafael Susin, o acusado ganhou liberdade provisória e responderá pelo crime em liberdade. 

A tentativa de roubo aconteceu na manhã de quarta-feira (5/12). Ele chegou ao estabelecimento e foi até o caixa, entregando um bilhete para a funcionária que estava no caixa.

"Fique quieto! Não mexe. Eu tenho arma aqui cintura. Passa dinheiro, rápido! Eu não quero mostrar arma. Quieto!”, afirmava na mensagem.


Simulação de arma

Segundo o boletim de ocorrência, o assaltante não falava nada e apenas simulava estar armado. Outros funcionários do posto perceberam a ação e, ao notar que ele, na verdade, não tinha arma, o renderam e acionaram a polícia.

Os policiais deslocados para atender a ocorrência constararam a deficência auditiva e confirmaram que ele não estava armado. Como estava sem documento, ele se identificou escrevendo o nome no mesmo bilhete que tinha usado para realizar o crime.
 
* Estagiário sob supervisão de Humberto Rezende 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade