Publicidade

Correio Braziliense

Suzane Richthofen é levada de volta à prisão após ser flagrada em festa

A presa descumpriu uma das regras do benefício, que era permanecer no endereço informado à Justiça


postado em 22/12/2018 18:20

(foto: Tuca Vieira/Folha Imagem)
(foto: Tuca Vieira/Folha Imagem)
Amparada com o beneficio da saída temporária de fim de ano, Suzane von Richthofen foi levada de volta para a prisão na tarde deste sábado (22) após ser flagrada em uma festa em Taubaté, no interior de São Paulo. 

A detenta foi levada de volta à Penitenciária Santa Maria Eufrásia Pelletier, em Tremembé, por descumprir uma das regras impostas pela Justiça, que era permanecer no endereço informado à Vara de Execuções Criminais ao receber o benefício. De acordo com as normas,  a presa deveria seguir do presídio direto para a cidade onde declarou residência.

Suzane havia deixado o presídio neste sábado por volta das 8h10 e deveria ter seguido para a cidade de Angatuba. Agora a tarde, a Polícia Militar recebeu uma denúncia de que Richthofen estaria em uma festa no municipio de Taubaté, cidade vizinha a Tremembé, local onde ela cumpre pena. Os policiais se deslocaram até o endereço indicado pela denúncia, no bairro do Estoril e encontraram Suzane em uma festa de casamento.

Por não cumprir as regras da saída temporária, Suzane foi levada de volta ao presídio, às 16h55. A direção da P1 deve informar sobre a infração à Justiça, que irá definir se Suzane perderá o direito a saída temporária. Se for punida, ela perde os 10 dias de liberdade impostos pela Justiça. 

Esta não é a primeira vez que Suzane comete uma infração ligada a saída temporária. Em maio de 2016, ela havia dado um endereço falso às autoridades e precisou responder a um processo administrativo, tendo que ficar em uma cela solitária.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade