Publicidade

Correio Braziliense

Mulher agride cadela em BH, vizinha filma e vídeo gera revolta nas redes

Imagens flagram o momento em que a agressora bate no animal e a reação dela ao constatar que era filmada


postado em 26/12/2018 15:26 / atualizado em 26/12/2018 15:46

(foto: Reprodução/Facebook )
(foto: Reprodução/Facebook )
 
Autoridades acompanham o caso de agressão e maus-tratos a uma cadela que teria acontecido na terça-feira (25/12), no Bairro Providência, na Região Norte de Belo Horzionte. Imagens que circulam nas redes sociais mostram uma mulher na entrada de uma casa batendo, puxando as pernas e jogando água no animal, que chora desesperado. (Assista aqui)

Uma mulher, que se identifica como Lorena Duque no Facebook, filmou a agressão e postou o vídeo nas redes sociais. A internauta afirmou ter acionado a Polícia Militar, que compareceu ao local e registrou um Boletim de Ocorrência. De acordo com o documento, a mulher que denunciou a violência diz ser vizinha da agressora e que presenciou maus-tratos ao animal em outras ocasiões. A testemunha disse ainda que a mulher mora sozinha, não recebe visitas e sequer tem energia elétrica em casa. A suspeita, segundo o boletim da PM, é de que ela sofra de transtornos mentais. 

Discussão com a vizinha

No vídeo, que tem continuidade em outros dois trechos de imagens, é possível ver que a mulher agressora discute com a vizinha, inclusive pegando uma mangueira para lançar água em sua direção, em uma tentativa de impedir o registro.

Segundo a Polícia Militar, a ocorrência agora está a cargo de assistentes sociais, que aguardam a expedição de um mandado de busca e apreensão para acompanhar a polícia até o endereço e verificar a situação, uma vez que há suspeita de a denunciada ter problemas psiquiátricos.

Além disso, as autoridades vão avaliar a veracidade da denúncia, que já gera revolta em milhares de pessoas nas redes sociais. Até o início da tarde desta quarta-feira, o post de Lorena Duque no Facebook registrava mais de 6 mil compartilhamentos de pessoas revoltadas com as cenas de agressão contra a cadela. Em Minas Gerais, a lei 22.231, criminaliza e pune quem pratica maus-tratos e crueldade contra os animais. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade