Publicidade

Correio Braziliense

Passageira é presa com 19 quilos de maconha no Aeroporto de Confins

A mulher, de 22 anos, desembarcou no terminal com a droga escondida em uma mala. Ela foi encaminhada para um presídio de Belo Horizonte


postado em 31/12/2018 12:55

Mais uma vez, o aeroporto internacional de Confins, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, foi usado como ponte para o tráfico de drogas. Mas, nesta oportunidade, o entorpecente não chegou no seu destino final. Equipes de fiscalização conseguiram flagrar uma passageira que embarcou no terminal com 19 quilos de maconha. Ela foi presa em flagrante e encaminhada para o Complexo Penitenciário Estevão Pinto. Se condenada, a mulher pode pegar até 25 anos de prisão. 

A passageira, segundo a Polícia Federal (PF), estava em um voo que saiu do Mato Grosso do Sul e pousou no aeroporto de Confins nesse domingo. Durante a fiscalização contra o tráfico de drogas, os agentes desconfiaram da mulher. Durante buscas na mala dela, foram encontrados 19 quilos de maconha. 

O entorpecente estava enrolado com papel filme e preso com presilhas. A mulher, de 22 anos, é autônoma. Não foi informado pela PF qual seria o destino final do entorpecente. A passageira foi levada para a penitenciária onde vai ficar a disposição da Justiça.

Neste ano, outras apreensões de drogas foram realizadas no aeroporto. Um adolescente de 16 anos foi apreendido no início deste mês quando tentava embarcar com mais de cinco quilos de cocaína. Ele é natural de Porto Velho. O garoto foi flagrado durante operação de rotina.

Em novembro, uma mulher de 26 anos foi presa após tentar embarcar com 2,5 quilos de cloridrato de cocaína. Segundo a Polícia Federal (PF), a a passageira ia em direção a Portugal, onde pegaria um voo para a França. A  mulher é natural de Salvador (BA)e estava há alguns dias em Belo Horizonte. Um cão da PF ajudou no encontro da droga. 

Já em setembro, uma passageira acabou presa quando fez conexão no terminal vindo de Porto Velho, Rondônia. Ela seguiria com destino a Belém, no Pará. Porém, acabou flagrada com quatro quilos de cocaína escondidos nas pernas dela. Durante a fiscalização contra o tráfico interestadual de droga, cães farejadores indicaram odor de drogas junto à passageira. 

Segundo a PF, foram encontrados aproximadamente quatro quilos de cocaína junto ao corpo dela. O material estava preso com esparadrapo nas coxas, e na canela. Dentro da mochila que ela levava, também foram encontradas drogas. Para a PF, o material estava preso junto a barriga dela, mas, por se sentir incomodada, a passageira transferiu o entorpecente para a bolsa.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade