Publicidade

Correio Braziliense

Veja o antes e depois da região onde se rompeu a barragem em Brumadinho

Barragem de rejeitos de minérios pertence à Vale e se rompeu nesta sexta-feira


postado em 25/01/2019 15:29 / atualizado em 25/01/2019 16:38

Imagens aéreas da região onde se rompeu a barragem Córrego do Feijão antes e depois da tragédia (foto: Reprodução/Whatsapp)
Imagens aéreas da região onde se rompeu a barragem Córrego do Feijão antes e depois da tragédia (foto: Reprodução/Whatsapp)
Imagens pós-rompimento da barragem Córrego do Feijão, em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, mostram o “mar de lama” que se espalhou na tarde desta sexta-feira. Antes, fotos aéreas indicam que o local era formado por matas densas e casas.

A barragem de rejeitos de minério pertence à Vale. Prefeituras de cidades próximas ao Rio Paraopeba alertam os moradores que se mantenham longe do curso d'água. De acordo com informações iniciais do Corpo de Bombeiros de Contagem, localizado na Grande BH e que atende Brumadinho, há vítimas. Foram enviadas viaturas, além de um helicóptero, ao local.

Há indicações de que os rejeitos atingiram a área administrativa da Vale e parte da comunidade da Vila Ferteco. A mineradora acionou o Corpo de Bombeiros e ativou o Plano de Atendimento a Emergências para Barragens.

Ver galeria . 83 Fotos Corpo de Bombeiros/Divulgação
(foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação )





Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade