Publicidade

Correio Braziliense

VÍDEO: Socorristas e voluntários buscam vítimas soterradas em pousada

Grupo percorre área onde ficava pousada Nova Estância, que fica próxima à barragem da Vale e foi destruída com a passagem dos rejeitos de minério


postado em 26/01/2019 11:39

(foto: Mateus Parreiras/EM/D.A Press)
(foto: Mateus Parreiras/EM/D.A Press)

Cerca de 20 socorristas, entre voluntários e moradores da Região do Córrego do Feijão e Casa Branca, estão buscando vítimas soterradas. A equipe do Jornal Estado de Minas foi ao local e acompanha os trabalhos. A barragem do Córrego do Feijão, em Brumadinho, na Região Metropolitana, rompeu-se no fim da manhã dessa sexta-feira (25). A barragem pertence à Vale. 

O grupo está onde ficava a pousada Nova Estância que fica próxima à barragem da Vale e foi destruída com a passagem dos rejeitos de mineração. Os socorristas usam estacas para sondar a área e muitas vezes acabam se afundando. Eles acreditam que há uma pessoa soterrada na área.

(foto: Mateus Parreiras/EM/D.A Press)
(foto: Mateus Parreiras/EM/D.A Press)


A pousada é uma das mais luxuosas da região, tendo recebido famosos nos últimos anos. Um exemplo foi o cantor Caetano Veloso, que ficou no local em 2016. O ator Marcos Veras esteve hospedado em 2018. Na plataforma de reservas Booking.com, a pousada tinha nota 8,8 (Fabuloso). 

O professor e empresário Márcio Mascarenhas é dono da pousada Nova Estância. Segundo um morador da região, havia pelo menos 20 pessoas no local no momento da tragédia.



A pousada Fazenda Nova Estância recebia, em especial, turistas que ficam na região para visitar o museu de Inhotim.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade