Publicidade

Correio Braziliense

Corpo de Bombeiros diz que número oficial de mortos em Brumadinho subiu para 37

Segundo o Corpo de Bombeiros, cerca de 24 mil pessoas foram afetadas de algum modo pelo rompimento da barragem


postado em 27/01/2019 09:33 / atualizado em 27/01/2019 09:33

Barragem de água tem risco 'iminente' de romper(foto: AFP / Mauro Pimentel)
Barragem de água tem risco 'iminente' de romper (foto: AFP / Mauro Pimentel)
 

 

O tenente-coronel Pedro Aihara, porta-voz do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, informou neste domingo (27/1), há pouco, que o número oficial de mortos com o rompimento da barragem em Brumadinho (MG) subiu de 34 para 37 e que 192 pessoas foram resgatadas. Segundo o Corpo de Bombeiros, cerca de 24 mil pessoas foram afetadas de algum modo pelo rompimento da barragem.

Em entrevista ao canal de TV GloboNews, Aihara reforçou o pedido para a evacuação da população da região de Brumadinho com urgência devido ao risco de rompimento da barragem número seis. "O risco iminente de rompimento realmente existe", disse Aihara.

"As pessoas devem abandonar as suas casas e devem se dirigir aos pontos de encontro", acrescentou. Os pontos de encontro para quem deve abandonar suas casas em Brumadinho são: Igreja Matriz, Morro do Querosene e a delegacia de polícia. Segundo ele, os trabalhos de busca foram interrompidos devido ao risco de rompimento da barragem número seis.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade