Publicidade

Correio Braziliense

Gestor que apostou em queda de ações da Vale doará ganho às vítimas em Brumadinho

James Gulbrandsen fez uma venda a descoberto de ações da Vale há cerca de duas semanas


postado em 27/01/2019 11:57 / atualizado em 27/01/2019 11:57

O gestor da administradora de investimentos americana NCH Capital no Brasil, James Gulbrandsen, afirmou na noite de sábado (26/1), em sua conta no Twitter, que doará às famílias vítimas em Brumadinho, em Minas Gerais, o equivalente ao ganho de performance da posição vendida na ação ordinária da Vale (VALE3) que ele possui no NCH Maracanã Long Biased FIM nesta segunda-feira (28/1).

Após ficar fechada na sexta-feira, 25, devido ao feriado do aniversário de São Paulo, a Bolsa brasileira voltará a operar na segunda-feira, com perspectiva de forte queda nas ações ON da Vale. Na sexta-feira, o American Depositary Receipt (ADR) da Vale, negociado na bolsa de Nova York, registrou queda de 8,08%, para US$ 13,68.

Em entrevista ao portal da revista Exame, Gulbrandsen explica que há duas semanas a equipe da NCH Brasil realizou uma "short selling", ou venda a descoberto, que consiste em vender, no mercado, um papel que não se espera que seu preço caia para depois recomprar mais barato e ganhar a diferença.

Segundo o gestor, a doação ocorrerá, uma vez que sua aposta para a queda das ações da empresa foi embasada em cima de uma desaceleração da China e não em uma tragédia ambiental e humana.

"Infelizmente, a nossa posição deu lucro no curtíssimo prazo por um motivo muito triste, que é o rompimento da barragem em Brumadinho. Não podemos ficar com o ganho dessa operação", disse Gulbrandsen à Exame.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade