Publicidade

Correio Braziliense

Telebras ativa comunicação emergencial via satélite em Brumadinho

A empresa informa também que outros técnicos da Telebras já estão a caminho de Brumadinho


postado em 27/01/2019 16:01 / atualizado em 27/01/2019 17:08

(foto: Edésio Ferreira/EM/D.A Press)
(foto: Edésio Ferreira/EM/D.A Press)
 

 

A Telebras informou, por meio de nota, que ativou desde sábado (26/1_ sistema do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC) para atendimento em caráter emergencial em Brumadinho (MG). O objetivo é auxiliar as equipes de resgate e facilitar o contato com hospitais e a comunicação entre parentes das vítimas do rompimento da barragem da Vale.

"A região conta com acesso limitado ao serviço móvel de comunicação, tendo a Telebras disponibilizado o serviço de acesso à internet via satélite de forma gratuita ao público em geral", diz a empresa. "A Visiona, subsidiária da Telebras, também está auxiliando as operações de resgate com monitoramento e produção de imagens de alta definição, via satélite, de toda a localidade atingida pela lama de rejeitos", acrescenta.

A empresa informa também que outros técnicos da Telebras já estão a caminho de Brumadinho e, neste domingo, a comunicação da região será ampliada para oferecer melhores condições de acesso pelo Corpo de Bombeiros e agentes da Defesa Civil.


Abastecimento de água


A Copasa informou que a população da região metropolitana de Belo Horizonte continua sendo abastecida normalmente. As represas do Rio Manso, Serra Azul, Várzea das Flores e a captação, a fio d'água, no Rio das Velhas, estão com plena capacidade para atender a região, segundo a empresa.

Devido ao rompimento da barragem Mina Feijão, em Brumadinho, de responsabilidade da Vale, ocorrido na tarde de sexta-feira, a Copasa suspendeu, por precaução, a captação da água do rio Paraopeba.

 

 

Ver galeria . 83 Fotos Corpo de Bombeiros/Divulgação
(foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação )

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade