Publicidade

Correio Braziliense

Manifestantes protestam contra Vale na porta da Assembleia de Minas Gerais

Grupo que participa do protesto jogou lama na escadaria da Assembleia, onde deputados tomam posse hoje


postado em 01/02/2019 16:12

Manifestantes pedem CPI da Mineração(foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
Manifestantes pedem CPI da Mineração (foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
 
Populares fazem uma manifestação na porta da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) contra a Vale e em homenagem às vítimas da tragédia de Brumadinho, na tarde desta sexta-feira. 
 
(foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
(foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
 
 
Barro foi jogado no chao na escadaria da Assembleia e um manifestante está com o corpo sujo do material, simbolizando os mortos. A manifestação foi organizada pelo grupo Santa Mão, coletivo criado depois da tragédia em que mais de 100 pessoas morreram.
 
(foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
(foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
 
 
"Não foi acidente. O Estado mata rio, mata peixe e mata gente", gritam os manifestantes, revezando as palavras estado e Vale.
 
Os manifestantes estão ainda com cartazes, cruzes e a todo instante gritam "assassinos". Um grupo coleta assinaturas para um abaixo-assinado pela desativação da barragem de rejeitos de Raposos, da AngloGold.
 
Protesto quer CPI da Mineração para apurar desastre da Vale em Brumadinho(foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
Protesto quer CPI da Mineração para apurar desastre da Vale em Brumadinho (foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
 
 
Os manifestantes tentam ainda entrar na Assembleia Legislativa, onde daqui a pouco os 77 deputados eleitos em outubro tomam posse.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade