Publicidade

Correio Braziliense

Bolsonaro e Mourão lamentam tragédia no centro de treinamento do Flamengo

Incêndio, na madrugada desta sexta-feira (8/2), matou dez pessoas no centro de treinamento do clube carioca


postado em 08/02/2019 12:19 / atualizado em 08/02/2019 12:19

(foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)
(foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)
Por meio de uma nota assinada por Jair Bolsonaro, a Presidência da República lamentou a tragédia que matou dez pessoas no centro de treinamento do Flamengo. Nela, o presidente afirma que está consternado com o ocorrido. O vice-presidente, Hamilton Mourão, que é torcedor do clube, também usou as redes sociais para lamentar a tragédia.

"Nesta manhã, tomamos conhecimento da triste tragédia ocorrida no Centro de Treinamento do Flamengo, vitimando jovens vidas que iniciavam sua caminhada rumo à realização de seus sonhos profissionais. Consternado, o Presidente da República se solidariza com a dor dos familiares neste momento de luto”, diz o texto da Presidência.

Já Mourão pediu que Deus conforte a todos. "#ForçaFlamengo Profundamente triste nesta manhã com a tragédia no CT do #Flamengo. Como torcedor e esportista solidarizo-me com as famílias, o Clube e a Nação Rubro-Negra. Deus conforte a todos. Toque de silêncio", escreveu o vice no Twitter.

 
Ver galeria . 12 Fotos CARL DE SOUZA / AFP
(foto: CARL DE SOUZA / AFP )

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade