Publicidade

Correio Braziliense

Sobe para 169 o número de mortos na tragédia em Brumadinho

141 pessoas ainda seguem desaparecidas


postado em 18/02/2019 15:58 / atualizado em 18/02/2019 15:59

(foto: Paulo Filgueiras/Estado de Minas)
(foto: Paulo Filgueiras/Estado de Minas)

 

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais atualizou neste domingo (17/2), para 169 o número de mortos em razão do rompimento de uma barragem da mineradora Vale em Brumadinho. A corporação já havia informado no domingo que dois corpos tinham sido retirados da lama de rejeitos nos últimos dois dias e que as equipes localizaram fragmentos de cadáveres.

De acordo com boletim da Defesa Civil do Estado, todos os mortos já foram identificados. A tragédia na mina Córrego do Feijão, nos arredores da capital Belo Horizonte, deixou ainda 141 pessoas desaparecidas - entre funcionários da mineradora, terceirizados que prestavam serviços à Vale e membros da comunidade.

As buscas seguem na cidade desde o rompimento da barragem da Vale, no dia 25 de janeiro. Os rejeitos invadiram áreas da mina Córrego do Feijão, onde a estrutura estava, e das proximidades, deixando um rastro de mortes e destruição.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade