Publicidade

Correio Braziliense

Mais dois retratos de envolvidos em agulhadas no carnaval serão divulgados

Até a última sexta sexta-feira (8/3), foram notificadas 190 ocorrências de pessoas que alegam terem sido furadas por seringas


postado em 11/03/2019 10:12

Todos os pacientes foram liberados após avaliação médica(foto: Tarciso Augusto/Especial DP)
Todos os pacientes foram liberados após avaliação médica (foto: Tarciso Augusto/Especial DP)

Dois novos retratos falados de um homem e de uma mulher possivelmente envolvidos nas agressões com agulhadas a foliões durante o carnaval serão divulgados, nesta segunda-feira (11/3), pela Polícia Civil de Pernambuco. A apresentação acontece no auditório da Sede Operacional da Polícia Civil, às 11h.

Ambos os retratos falados foram produzidos a partir da descrição de vítimas que procuraram a Delegacia Móvel instalada no Hospital Correia Picanço, no bairro da Tamarineira, no Recife. O primeiro retrato falado foi divulgado na semana passada.

Até a última sexta sexta-feira (8/3), foram notificadas 190 ocorrências de pessoas que alegam terem sido furadas por seringas, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES). Todos os pacientes foram atendidos no Hospital Correia Picanço, que é referência estadual em doenças infecto-contagiosas.

Após passarem por triagem, 140 tiveram indicação para fazer o tratamento padrão utilizado nos casos de acidentes com materiais biológicos que é a profilaxia pós-exposição (PeP), usada na prevenção da infecção pelo HIV. Todos os pacientes foram liberados após avaliação médica, orientados para fazer uso da medicação profilática diariamente e para retornar ao serviço após 30 dias, tempo para conclusão do tratamento.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade