Publicidade

Correio Braziliense

Polícia faz varredura em escola de Suzano após suspeita de explosivos

Ao menos dez pessoas foram mortas em um ataque na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, na Grande SP


postado em 13/03/2019 12:50 / atualizado em 13/03/2019 12:52

O coronel Salles disse que os atiradores entraram na escola na hora do intervalo(foto: Nelson Almeida/AFP)
O coronel Salles disse que os atiradores entraram na escola na hora do intervalo (foto: Nelson Almeida/AFP)
 

 

A escola estadual Raul Brasil, de Suzano, que foi invadida, na manhã desta quarta-feira (13/3), por atiradores, estava isolada por volta das 12h sob o risco de ainda haver artefatos explosivos no interior. Segundo o comandante-geral da Polícia Militar, equipes do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) estão fazendo uma varredura na unidade. 

 

"A preocupação nesse momento é desmantelar os artefatos explosivos, prestar socorro às vítimas e atender as famílias", disse o coronel Salles, da PM. Ele não informou quantos artefatos desse tipo foram encontrados mo local. Os atiradores, segundo Salles, estavam com um revolver calibre 38, uma besta, um arco e flecha e os explosivos.


O coronel Sallesdisse que, antes de entrar na escola, os dois atiradores dispararam contra o proprietário de um lava rápido que fica em frente à escola. Neste momento, o homem está passando por cirurgia na Santa Casa de Suzano.

Ver galeria . 6 Fotos Nelson Almeida/AFP
(foto: Nelson Almeida/AFP )


O coronel Salles disse que os atiradores entraram na escola na hora do intervalo. Primeiro, eles atiraram em uma coordenadora pedagógica e em uma supervisora. Depois, se dirigiram ao pátio, onde atingiram alunos de ensino médio. Depois seguiram para um centro de línguas.

Na mochila dos atiradores havia três coquetéis molotov, duas bestas (lança-seta) e um revólver 38. Uma terceira mochila foi encontrada com uma espécie de bomba, de acordo com informações do Major Caruso, subcomandante do 32.º Batalhão com sede em Suzano.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade