Publicidade

Correio Braziliense

Massacre: Secretaria envia profissionais para dar apoio psicológico às famílias

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo enviou dois psiquiatras e um psicólogo para dar apoio no atendimento às famílias


postado em 13/03/2019 18:32 / atualizado em 13/03/2019 19:29

(foto: NELSON ALMEIDA)
(foto: NELSON ALMEIDA)
 

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo enviou dois psiquiatras e um psicólogo para dar apoio no atendimento às famílias e demais envolvidos na ocorrência, atuando em conjunto com a equipe do Caps (Centro de Atenção Psicossocial) de Suzano. Os profissionais darão suporte no próprio Caps e a pasta está em contato permanente com a Prefeitura. 


Entre as vítimas da tragédia, duas foram levadas ao Hospital das Clínicas Luzia de Pinho Melo, em Mogi das Cruzes. Uma em estado gravíssimo e que chegou ao hospital já em óbito, e a outra está grave, estável e passou por procedimentos cirúrgicos. Um terceiro paciente procurou o "Luzia"com a família e, devido a uma fratura de tornozelo, permanecerá internado e passará por procedimento cirúrgico

Uma paciente está sendo assistida pela equipe médica do Hospital Geral de Itaquaquecetuba (Santa Marcelina) e seu quadro clínico é estável.

Outros cinco pacientes foram recebidos pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP. Três deles estão estáveis; outros dois deram entrada em estado grave, e um deles veio a óbito.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade