Publicidade

Correio Braziliense

Empresário Roberto Santiago, um dos maiores da Paraíba, é preso pela PF

Dono do Manaíra Shopping foi preso na terceira fase da 'Xeque-Mate', em João Pessoa


postado em 22/03/2019 08:50

O mandado de prisão preventiva contra Roberto Santiago foi cumprido na casa dele, em João Pessoa(foto: Divulgação/PF )
O mandado de prisão preventiva contra Roberto Santiago foi cumprido na casa dele, em João Pessoa (foto: Divulgação/PF )

 
A Polícia Federal na Paraíba, junto com o Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (GAECO) e com auxílio da Controladoria Geral da União, deflagraram a terceira fase da Operação Xeque-Mate, na manhã desta sexta-feira (22/3). O mandado de prisão preventiva foi destinado ao empresário Roberto Santiago, proprietário do Manaíra Shopping, em João Pessoa, acusado de participar do esquema de corrupção e fraudes licitatórias no município de Cabedelo, Região Metropolitana de João Pessoa. 

A prisão foi realizada na residência de Roberto, no bairro do Bessa, que saiu do edíficio dentro de uma viatura da PF e foi levado para a Acadepol, para realizar o exame de corpo de delito. Outros 11 mandados de busca e apreensão também estão sendo cumpridos pela Polícia Federal e pelo Gaeco em residências dos investigados, na Paraíba e no Rio Grande do Norte.

Operação

 
A terceira fase tem como objetivo desarticular o esquema de corrupção e fraudes licitatórias ligados aos contratos de coleta de lixo da Prefeitura de Cabedelo. Os contratos investigados superam a quantia de R$ 42 milhões. Os investigados devem responder pelos crimes de formação de organização criminosa, lavagem de dinheiro, corrupção ativa e fraude licitatória.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade