Publicidade

Correio Braziliense

Bombeiros buscam 17 pessoas e acreditam que pode haver sobreviventes em Muzema

"Este cenário (queda de edifício) é muito mais propício a encontrar vida do que num deslizamento de terra", disse o coronel dos bombeiros


postado em 13/04/2019 13:54 / atualizado em 13/04/2019 13:53

(foto: Carl de Sousa/ AFP)
(foto: Carl de Sousa/ AFP)
 

O Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro informou no fim da manhã deste sábado (13/4) que trabalha com a possibilidade de ainda encontrar sobreviventes nos escombros dos dois prédios que desabaram na manhã de sexta-feira, na zona oeste da cidade. A corporação informou que, ao todo, 17 pessoas continuam desaparecidas, número ainda maior do que vinha sendo divulgado.

Apesar de já terem se passado mais de 30 horas do desabamento, os bombeiros acreditam que ainda podem encontrar sobreviventes. "Este cenário (queda de edifício) é muito mais propício a encontrar vida (do que num deslizamento de terra), porque a gente pode trabalhar com células, pequenos habitáculos onde as pessoas podem se manter vivas", explicou o coronel Luciano Sarmento, que coordena a operação.

Segundo Sarmento, as buscas por sobreviventes irá continuar por tempo indeterminado. "Temos relatos de pessoas que sobreviveram até sete dias nessas condições. Vamos trabalhar até o fim da operação com essa possibilidade."

 

Ver galeria . 11 Fotos Carl de Souza/AFP
(foto: Carl de Souza/AFP )
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade