Publicidade

Correio Braziliense

Igreja centenária é atingida por incêndio no interior da Bahia

Moradores do município de Monte Santo ajudaram a apagar o fogo que danificou a Igreja Matriz Sagrado Coração de Jesus


postado em 20/04/2019 15:04 / atualizado em 20/04/2019 15:08

(foto: Reprodução/Facebook)
(foto: Reprodução/Facebook)
Um incêndio atingiu na madrugada deste sábado, 20, a Igreja Matriz Sagrado Coração de Jesus, no município de Monte Santo, no interior da Bahia, a cerca de 350 quilômetros de Salvador. O fogo consumiu o telhado e parte da área interna do centenário templo religioso. A causa do incêndio ainda não foi identificada. Não há relatos de feridos.

Em nota, a Diocese de Bonfim agradeceu à comunidade local, que teria sido a principal responsável por combater as chamas. A estrutura do altar foi pouco atingida. "O povo de Monte Santo, unido ao diácono Albeci, lutou bravamente para salvar as imagens sacras que lá se encontravam. E, com muito esforço, através de um caminhão pipa, conseguiram apagar as chamas que consumiam o templo."

A instituição também agradeceu o apoio da Polícia Militar na ação. "Peço a todo o clero e ao povo de Deus que continuemos firmes no propósito de zelar e edificar a igreja de Deus que está em Monte Santo, lutando juntos para reconstruir o que o fogo consumiu. Agradeço a todos que se empenharam para ajudar a Igreja nesse momento de dor e prova. Agradeço também acima de tudo a Deus por não ter permitido que ninguém se ferisse ao longo do incêndio", diz a nota.



A igreja é o ponto de partido de um tradicional percurso romeiro do município em direção ao Santuário de Monte Santo. Com cerca de dois quilômetros de extensão, a caminhada sobe o Monte Alto e perpassa 25 capelas, com final na Capela de Santa Cruz. O conjunto "arquitetônico, urbanístico, natural e paisagístico" desse percurso é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) desde 1983.

O município também foi sede de importantes acontecimentos históricos. Segundo o Iphan, registros históricos indicam que Antônio Vicente Mendes Maciel, o Antônio Conselheiro, esteve em Monte Santo por volta de 1892, onde realizou reparos e melhorias na via sacra, acompanhado por milhares de seguidores. Cinco anos depois, ele retornou à região, tornando-a uma base militar durante a Guerra de Canudos.

Localizado no nordeste baiano, Monte Santo também é conhecido por ter sido o local onde foi encontrado o meteorito Bendegó em 1784. O artefato foi levado em 1887 para o Museu Nacional, tendo resistido ao incêndio que atingiu a edificação.

 

Ver galeria . 9 Fotos Reprodução/Facebook
(foto: Reprodução/Facebook )
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade