Publicidade

Correio Braziliense

Beijo lésbico em ação publicitária da Natura divide as redes sociais

A marca de cosméticos sofreu duras críticas de internautas, que sugeriram boicote à empresa. Outros usuários, no entanto, saíram em defesa da diversidade


postado em 14/05/2019 17:38 / atualizado em 14/05/2019 17:39

(foto: Reprodução/Youtube)
(foto: Reprodução/Youtube)
A marca de cosméticos Natura foi alvo de diversas críticas nas redes sociais ao exibir, nesta segunda-feira (13/5), uma campanha de marketing para a nova linha de maquiagem Coleção do amor, em que mostra três casais não tradicionais se beijando. Um deles era uma mulher transgênero. Alguns internautas reagiram negativamente à ação publicitária e sugeriram boicote à empresa. Em uma plataforma de vídeos, o conteúdo tem, até o momento, mil likes e mil deslikes. 

 

Uma dos casais que estrelam a campanha, Hadassa e Dayane, que são lésbicas, conta a história de como se conheceram. "Hadassa dá aula de dança num projeto chamado Anjos de rua. A Dayane resolveu se inscrever na aula de balé. Foi amor à primeira vista pela professora. As duas se completam, se apoiam, se ajudam a seguir em frente", diz a frase veiculada no material. 

 

 

 
Críticas 

 

Alguns usuários do Twitter promoveram a hastag #boicotenatura, que esteve entre os assuntos mais comentados nesta terça-feira, em forma de protesto contra a publicidade. "Vivi o suficiente pra ver comuna defender empresas capitalistas. A Natura se esqueceu que as revendedoras são, em sua maioria, donas de casa conservadoras e mães que tiram um extra para ajudar o marido, odiadas pelas lacrudas que as chamam de oprimidas ou machistas", afirma uma internauta. 

 

 

 

Outra mulher argumenta que, para ela, o conteúdo "é uma bela porcaria e que não significa nada. E, ainda, a faz desistir de comprar os produtos."

 

 

 

Manifestações de apoio  

 

Apesar da repercussão negativa, outros se mostraram a favor da divulgação e demostraram apoio à iniciativa. "É sério que tem gente subindo a hashtag #BoicoteNatura só porque a empresa fez um comercial que mostra mulheres se beijando? Só porque acolhe a diversidade? Só porque não representa a família tradicional brasileira. Esse povo é doente", destaca um dos que saíram em defesa. 

 

 

 

Um internauta enfatiza o número de empregos que a marca gera e frisa o números de desempregados. "Uma baita onda de desemprego no Brasil e uns IDIOTAS pedindo para boicotar uma marca brasileira, que emprega mais de 7 mil pessoas, além de mais de 1,5 milhão de consultores, que ganham seu pão de cada dia vendendo os produtos. É ou não é um povo burro? ", comenta. 

 

 

 

Posicionamento da Natura

 

Em nota, a empresa diz que "acredita no valor da diversidade. Isso está expresso em nossas crenças há mais de 20 anos, em nossas campanhas publicitárias, projetos patrocinados e em nosso corpo de colaboradores. Com o lema 'No amor cabem todas as cores', a nova coleção de maquiagem FACES reforça o apoio da marca à causa LGBT+, incentivando o orgulho de ser quem é e amar quem quiser."

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade