Publicidade

Correio Braziliense

Inep demite funcionários após falha de segurança no Encceja

As inscrições para o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) 2019 começaram nesta segunda-feira


postado em 21/05/2019 23:43

(foto: Luis Fortes/Ministério da Educação)
(foto: Luis Fortes/Ministério da Educação)

O presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Lopes, anunciou na noite desta terça-feira (21) que uma falha de segurança foi localizada no Exame Nacional para Certificação de Competência de Jovens e Adultos (Encceja) e que por este motivo, dois funcionários foram demitidos.

Segundo Lopes, o problema foi verificado dentro do próprio órgão e não na gráfica Valid Soluções S.A., que assinou contrato hoje para a impressão das provas.

“Houve uma quebra no protocolo de segurança, não houve o vazamento da prova. Em função disso, estamos fazendo o desligamento das pessoas envolvidas e avaliando como proceder em relação à prova para manter o prazo, se possível. A área técnica vai se reunir amanhã para discutir isso e depois divulgaremos o que for decidido”, disse.

O presidente da área explicou que o protocolo de segurança prevê que dois servidores viajem, em voos separados, para fazer a entrega. Um leva a mídia digital e outro leva a senha que abre o arquivo das provas em uma sala segura, na gráfica. Segundo ele, o segundo  funcionário teria esquecido a senha.

“Ele levou a situação para o superior, que entrou na sala cofre e obteve novamente a senha e enviou por via eletrônica à pessoa que estava na sala da gráfica. Houve uma quebra, o certo seria a gravação de uma nova mídia, memorização de uma nova senha e o reenvio para a gráfica nos respectivos voos”, detalhou.

Encceja


As inscrições para o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) 2019 começaram nesta segunda-feira (20). A inscrição é gratuita e vai até o dia 31 de maio. Podem participar aqueles que não terminaram os estudos na idade adequada podem fazer o exame para obter a certificação de conclusão no ensino fundamental ou médio.Os interessados no certificado do ensino fundamental precisam ter, pelo menos, 15 anos completos na data da prova. Para o certificado do ensino médio, a idade mínima exigida é de 18 anos.Uma novidade desta edição será uma versão do edital em Libras. Outra mudança é que o participante que já teve laudo médico aprovado em outras edições não precisa apresentar novo laudo durante a inscrição.

Segundo o Inep, até às 19h de hoje (21) 730 mil pessoas se inscreveram para o exame. O número é superior ao de 2018, quando foram necessárias 48 horas para superar esta marca. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade