Publicidade

Correio Braziliense

Levantamento revela menor desmatamento da Mata Atlântica já registrado

Apesar dos avanços, ainda é possível notar alguns estados que tiverem crescimento na taxa de desmatamento em relação ao período anterior


postado em 23/05/2019 09:20 / atualizado em 23/05/2019 10:37

(foto: Fundação SOS Mata Atlântica/Divulgação)
(foto: Fundação SOS Mata Atlântica/Divulgação)
Novos dados divulgados pela Fundação SOS Mata Atlântica, nesta quinta-feira (23/5), mostram que o desmatamento do bioma entre 2017 e 2018 foi 9,3% menor do que o registrado no período anterior, de 2016 a 2017. 

De 2017 a 2018, foram destruídos 11.399 hectares, ou 113km², de áreas da floresta. Esse é o menor desmatamento já registrado na série histórica do Atlas da Mata Atlântica, que monitora o local desde 1985.

Atualmente, restam apenas 12,4% da floresta original, que atravessa 17 estados brasileiros e abrange cerca de 15% do total do território brasileiro. Nove entre os 17 estados estão no nível do desmatamento zero, com desflorestamento abaixo de 1km².

Alguns estados desmataram mais

Apesar dos resultados positivos notados no levantamento, alguns estados ainda mantêm índices altos de desmatamento, sendo que em quatro deles houve aumento do desmatamento em comparação com o ano anterior: Minas Gerais (elevação de 8%), Paraná (25%), Piauí (42%) e Santa Catarina (52%).

Já a Bahia, que embora continue na lista dos cinco estados que mais desmatam, foi destacada como um exemplo positivo por ter promovido uma redução de 51% de um ano para o outro.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade