Publicidade

Correio Braziliense

Mulher é assassinada por não levar a comida combinada para festa

Vanderléia Inácio do Santos foi morta com três tiros no rosto. Secretaria de Segurança Pública de São Paulo apura circunstâncias do crime


postado em 21/06/2019 17:49 / atualizado em 21/06/2019 19:01

Vanderléria deixa quatro filhos(foto: Reprodução/Facebook)
Vanderléria deixa quatro filhos (foto: Reprodução/Facebook)
A Polícia Civil de São Paulo apura um homicídio na cidade de Sete Barras (SP) que, aparentemente, foi motivado por um motivo banal: em vez de levar salgadinhos a uma festa para a qual tinha sido convidada, a vítima, Vanderléia Inácio do Santos, teria chegado ao evento com um bolo. O crime aconteceu por volta das 21h do último sábado (15/6), no Bairro de Laranjara.

Ao Correio, a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP) informou que o suspeito é o homem encarregado pela festa, de 47 anos. Ainda segundo informações oficiais, durante a festa, a mulher se desentendeu com o acusado, que atirou três vezes no rosto da vítima, em frente a uma testemunha.

Apuração do site UOL, que cita uma fonte anônima da Polícia Civil, aponta que o motivo da discussão teria sido a comida levada pela vítima ao encontro. Em vez de aparecer com salgadinhos, como combinado, ela acabou levando um bolo. Ainda segundo o portal, o suspeito já se apresentou à polícia para prestar depoimentos, entretanto não foi preso porque não houve o flagrante.

A Polícia Militar foi chamada ao local, mas já encontrou o corpo de Vanderléia sem vida. Foram requisitados exames no IML do estado. O crime é apurado na delegacia da cidade como homicídio qualificado e ainda está em fase de inquérito. Vanderléria deixa quatro filhos: uma menina de 6 anos e três garotos de 4 anos, 8 anos e 10 meses.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade