Publicidade

Correio Braziliense

Renata Fan culpa mãe e causa polêmica sobre agressão no Beira-Rio

Renata Fan culpou a mãe e a criança agredidas durante a partida de futebol Grêmio e Internacional


postado em 23/07/2019 16:39 / atualizado em 23/07/2019 16:40

Renata Fan culpa mãe e filho agredidos em jogo de futebol(foto: Reprodução/ Instagram)
Renata Fan culpa mãe e filho agredidos em jogo de futebol (foto: Reprodução/ Instagram)

 

Renata Fan, jornalista do jornal esportivo da Band Jogo aberto declarou, nesta segunda-feira (22/7), que a agressão ocorrida depois do jogo Grêmio e Internacional, no estádio Beira-Rio foi culpa da mãe e da criança. A polêmica envolvendo a apresentadora está nos Trending Topics do Twitter.

 

"A gente sabe que o bê-á-bá do futebol não permite isso. Por exemplo, você não pode ir no meio da torcida do Palmeiras e levantar uma camisa do Corinthians. A gente não pode ver um torcedor do Cruzeiro levantar a camisa no meio da torcida do Galo. Isso é o bê-á-bá do futebol. O problema todo é que essa moça estava com uma criança, que foi, de certa maneira, coagida, intimidada, pode ficar traumatizada. Uma criança está aprendendo a ser um torcedor. Acho que teve a truculência dos torcedores do Inter, mas entendo que a mãe deveria zelar um pouquinho mais pelo bem estar do filho dela." afirma a apresentadora. 

 

 

 

Renata ainda reitera que quando se vai ao estádio tem que saber que há regras a serem seguidas. "Tem que ter bom senso. A gente não chegou neste nível de civilidade ainda", afirma.

 

A polêmica no clássco Gre-Nal envolveu uma mãe e um filho, torcedores do Grêmio e entusiastas do Internacional.  A família gremista foi retirada do estádio, de forma agressiva, após a partida de futebol. Um funcionário do Inter escoltou a criança e a mãe até saírem do local. Além disso, torcedores do Inter tomaram da mão da criança, a camiseta do Grêmio que ele segurava para comemorar o resultado do jogo. 

 

Foram identificados com envolvimento na agressão, uma sócia torcedora do Internacional, assim como um conselheiro e um sócio do clube de futebol. A Polícia Civil está envolvida no caso e intimará os três acusados.

 

* Estagiária sob a supervisão de Vinicius Nader 

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade