Publicidade

Correio Braziliense

Morre o jornalista esportivo Juarez Soares, aos 78 anos

Jornalistas e clubes lamentam a perda para o esporte


postado em 23/07/2019 16:52 / atualizado em 23/07/2019 16:52

(foto: RedeTV/ reprodução )
(foto: RedeTV/ reprodução )
Morreu nesta terça-feira (23/7) o jornalista e comentarista esportivo Juarez Soares. Ele tinha 78 anos e foi vítima de um infarto. O jornalista fazia tratamento contra um câncer.  Conhecido como China, Juarez começou a carreira como narrador em rádio para, mais tarde, atuar na televisão. Teve passagem pela TV Globo, Bandeirantes, SBT e RedeTV. 

É dele a icônica frase: "Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa". Em 1988 ingressou na política como vereador na cidade de São Paulo. Mais tarde, assumiu cargo de secretário de esportes e depois de secretário-adjunto da Secretaria de Trabalho. 

Torcedor assumido do Corinthians, Juarez nasceu em São José dos Campos (SP) em 1941. 

Nas redes sociais, jornalistas e times esportivos lamentaram a morte do jornalista. 
 
O time do coração de Juarez lamentou a morte do jornalista e lembrou que ele era torcedor do time. 
 
 
 
O Flamengo e o Santos também se manifestaram lamentando a morte de Juarez.  
 
 
 
 
 
Também demonstraram solidariedade o repórter do SBT Brenno Beretta, a escritora e jornalista Letícia Dornelles, o narrador esportivo Everaldo Marques e  jornalista esportivo Milton Neves. 
 
 
 
 
 
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade