Publicidade

Correio Braziliense

Pernambuco tem 2,4 mil desalojados após as fortes chuvas

Diante das ocorrências, o governo do estado informou que mantém o gabinete de crises monitorando as ações das secretarias e órgãos estaduais para mitigar os efeitos causados pelas chuvas na região metropolitana à população


postado em 26/07/2019 17:13

(foto: Peu Ricardo/DP)
(foto: Peu Ricardo/DP)
Após as chuvas ocorridas neste mês, Pernambuco registra 601 famílias desalojadas, sendo 561 na Região Metropolitana do Recife (RMR), 17 na Mata Norte e 23 na Mata Sul. São cerca de 2,4 mil pessoas desalojadas, ou seja, que precisaram sair de suas residências temporariamente. Além dessas, 58 famílias estão desabrigadas, isto é, pessoas cujas casas foram afetadas por dano ou ameaça e que necessita de abrigo provido pelo governo. Todos os desabrigados são da RMR. Diante das ocorrências, o governo do estado informou que mantém o gabinete de crises monitorando as ações das secretarias e órgãos estaduais para mitigar os efeitos causados pelas chuvas na região metropolitana à população.

A Secretaria Executiva de Defesa Civil de Pernambuco informou, na tarde desta quinta-feira (25/7), que trabalha constantemente para evitar desastres como os ocorridos nos últimos dias. A Operação Inverno 2019, iniciada em fevereiro deste ano, teve entre outras ações, diversas capacitações que fazem parte da estratégia do governo de fortalecer as ações não estruturais de prevenção de Defesa Civil. Ao todo, foram realizadas 28 oficinas de Defesa Civil entre os meses de fevereiro a junho.

As oficinas regionais aconteceram em Palmares para aos municípios da Mata Sul, em Macaparana para Mata Norte, Olinda para Região Metropolitana do Recife, em Garanhuns para o Agreste Meridional, Caruaru para o Agreste Central e Surubim para o Agreste Setentrional, além de outras 21 capacitações para agentes públicos das três esferas de governo e sociedade civil organizada, que integram diretamente o sistema de Defesa Civil.

Desde o início das fortes chuvas, na última sexta-feira (19/7), o governo está acompanhando, por meio da Casa Militar e da Secretaria Executiva de Defesa Civil do Estado, a situação dos municípios atingidos. Na manhã desta quinta, a Secretaria Executiva de Defesa Civil do Estado recebeu representantes da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil para acompanhamento dos decretos de situação de emergência, visando ao reconhecimento federal para possível apoio com recursos do governo federal, diretamente aos municípios afetados.

A secretaria recebeu também representantes das Defesas Civis dos municípios de Abreu e Lima, Igarassu, Goiana e Vicência, cidades que decretaram situação de emergência em virtude das fortes chuvas que atingiram os municípios. A secretaria ressaltou que continuará acompanhando todas as demandas através da Central de Operações pelos telefones 3181-2490 e pelo 199.

SAIBA COMO AJUDAR

Quem puder, também pode se voluntariar para trabalhos de arrecadação, recebimento, separação e distribuição dos donativos. Para ajudar, basta acessar o portal do Transforma Brasil, ou entrar em contato através do e-mail contato@novojeito.com.

Locais de arrecadação:

- Recife

Posto Shell
Avenida Conselheiro Rosa e Silva, n° 2000, Tamarineira
Das 7h às 23h

Igreja Mosaico
Rua José Paraíso, n° 58, Boa Viagem
Das 9h às 17h

- Olinda

Estádio Grito da República
Avenida Cel. Frederico Lundgren, n° 1180, Rio Doce
Das 7h às 23h

Posto Shell 
Avenida Governador Carlos de Lima Cavalcanti, n° 2221, Casa Caiada
Das 7h às 23h

Papelaria Ponta de Lápis | Contato: (81) 98213.1090
Avenida Getúlio Vargas, n° 1670, Bairro Novo

Biblioteca Municipal de Olinda
Avenida Liberdade, n° 100, Carmo
Das 8h às 18h

Escola Vereador José Mendes
Rua do Passarinho, 1, Estrada do Passarinho

Escola Pró Menor
Rua C6, Primeira Etapa de Rio Doce

Igreja Metodista
Rua da Linha nº 2.500, Alto da Bondade

- Igarassu

Escola Adolfo Brol
R. Venerável Mte. Stélio Marinho Falcão, 275, Saramandaia

Escola Metodista
R. Da Linha, 2500, Alto da Bondade

Escola João de Queiroz Galvão
Avenida Beira Mar, Centro

Escola Municipal Maria Djanira Lacerda Leite
Avenida Belo Horizonte, s/n, Vila Rural

Escola Municipal Nossa Senhora da Conceição
Rua Lavadeira, 4, Agamenon Magalhães

Escola Dalila de Melo Fonseca
Rua João Francisco Ribeiro, s/n, Cruz de Rebouças

Escola Municipal Senador José Ermírio de Moraes
Rua Santa Barbara, Loteamento Ana de Albuquerque

Escola Ana Caldas Brandão
Rua de Cima, Cuieiras

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade