Publicidade

Correio Braziliense

Polícia Civil prende suspeito de integrar milícia de Orlando Curicica

Martins é suspeito de integrar a milícia de Orlando Curicica, que atuava na zona oeste da capital fluminense


postado em 18/08/2019 12:19

(foto: Tânia Rego/Arquivo/Agência Brasil)
(foto: Tânia Rego/Arquivo/Agência Brasil)

Policiais da 44ª Delegacia Policial (DP de Inhaúma) prenderam no sábado (17/8), depois de dois meses de investigação, Felipe Raphael de Azevedo Rezende Martins, conhecido como Chell, 34 anos. A informação foi dada neste domingo (18). Martins é suspeito de integrar a milícia de Orlando Curicica, que atuava na zona oeste da capital fluminense. Segundo a Secretaria de Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro, Chell é considerado “homem de guerra” da organização criminosa, uma vez que exercia as ações bélicas da quadrilha.

O delegado Márcio Mendonça, titular da 44ª DP, disse que o uso de inteligência pelos policiais “permitiu que a prisão fosse realizada sem a necessidade de confronto policial”.

Contra Martins foram cumpridos dois mandados de prisão preventiva, expedidos pelo 3ª e 4ª Varas Criminais da Comarca da Capital, respectivamente, pelos crimes de homicídio e organização criminosa. Ele foi detido em uma casa situada em Unamá, no município de Armação dos Búzios, na Região dos Lagos, no estado do Rio de Janeiro.

Segundo a Polícia Civil, Chell estava foragido desde o dia 31 de maio deste ano, quando foi deflagrada a Operação Entourage pela Delegacia de Homicídios da Capital (DH/Capital), em parceria com o Ministério Público do estado (MPRJ). A Operação Entourage tinha como objetivo desarticular e prender integrantes de uma das maiores milícias da zona oeste do Rio, que já foi comandada por Orlando Oliveira de Araújo, o Orlando Curicica, hoje detido em um presídio federal.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade