Publicidade

Correio Braziliense

Homem invade casa para atacar a ex-companheira e acaba matando o pai dela

Ex-sogro do suspeito foi morto com um tiro na cabeça. A ex-companheira e a mãe também ficaram feridas. Crime aconteceu em Jeceaba (MG)


postado em 15/09/2019 18:43

Foto de José Mendes divulgada pela polícia: apontado pela ex-companheira como autor dos crimes(foto: PMMG/Divulgação)
Foto de José Mendes divulgada pela polícia: apontado pela ex-companheira como autor dos crimes (foto: PMMG/Divulgação)
Uma tentativa de feminicídio que resultou no assassinato do pai da vítima chocou a pequena cidade de Jeceaba (MG), que desde 2017 não registrava homicídios. Apontado pela polícia como autor do crime, José Amilton Dias Mendes, 43 anos, estava foragido até a publicação desta matéria.

O crime aconteceu na madrugada de sábado (14/9). Segundo relatos, Mendes invadiu a casa da família da ex-companheira, de 24 anos, e efetuou ao menos seis disparos lá dentro. Tanto a jovem quanto a mãe, de 46 anos, e o pai, de 52, foram feridos. O homem, ex-sogro do suspeito, recebeu um tiro na cabeça e não resistiu.

Conforme a PM, a invasão ocorreu por volta das 4h30, após o suspeito arrombar a porta. Após o crime, ele fugiu em um Uno branco em direção a Santa Cruz, comunidade na zona rural. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado, mas como o pai da jovem estava inconsciente, vizinhos decidiram levá-lo ao hospital em um carro particular. A equipe médica realizou manobras de ressuscitação, mas a morte da vítima foi confirmada às 6h18. 

As duas mulheres foram transferidas ao Hospital Maternidade de Conselheiro Lafaiete. A ex-sogra de José Amilton levou um tiro no peito e a ex-companheira dele, além de levar dois tiros na mesma região, foi esfaqueada. Mesmo ferida, ele conseguiu dizer aos policiais que ele é o autor do crime. Os dois têm um filho de 2 anos juntos. A criança e o irmão da jovem, de 15, estavam na casa no momento do crime, mas não se feriram. 

Os policiais foram até a casa do autor, que estava totalmente trancada, como se ele tivesse viajado. Câmeras de segurança de um hotel da região registraram o momento em que o carro usado na fuga passou pela rua em alta velocidade, mas não foi possível identificar a placa. 

"Armado e perigoso"

Por meio de nota, o 31º Batalhão de Polícia Militar de Conselheiro Lafaiete, responsável pela região, divulgou a foto do suspeito do crime, considerado “armado e perigoso”, e pede que a população repasse informações pelos números 190 e 181 (Disque Denúncia). “O autor José Amilton Dias Mendes possui prontuário policial pelo crime de tráfico de drogas, lesão corporal, contrabando ou descaminho, ameaça, desobediência, entre outros”, diz a Polícia Militar. 

“A PMMG lamenta profundamente o ocorrido e se compromete a empreender todos os esforços na localização do autor, e ressalta que desde 2017 não ocorria crime de homicídio na cidade de Jeceaba”, reforça o 31º Batalhão de Conselheiro Lafaiete. Na tarde deste sábado, a Polícia Civil informou que José Amilton continuava foragido e que será solicitada a prisão preventiva dele.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade