Publicidade

Correio Braziliense

Terra treme no interior de Minas; moradores ouviram estrondo e viram clarão

Sismógrafos registraram 2.2 na escala Richter na noite dessa quinta-feira (19/9), em Senhora do Remédio, na Zona da Mata


postado em 20/09/2019 16:02 / atualizado em 20/09/2019 16:47

Tremor foi registrado pelo laboratório sismológico da UNB(foto: UNB/Divulgação)
Tremor foi registrado pelo laboratório sismológico da UNB (foto: UNB/Divulgação)
Moradores de Senhora do Remédio, na Região da Zona da Mata Mineira, ainda tentam entender os motivos que fizeram a terra tremer na cidade. O sismo, de 2.2 na escala Richter, foi sentido na noite dessa quinta-feira (19/9) e assustou várias famílias. Algumas pessoas relatam que chegaram a ouvir um estrondo e clarões enquanto a terra se mexia. Não há registros de danos estruturais em imóveis e de feridos. Ao menos outros dois tremores de terra foram sentidos em Minas Gerais neste ano. 

O tremor de terra foi sentido na noite de quinta-feira. O distrito de Japão é o local onde o tremor foi mais forte. Uma moradora de 19 anos, que preferiu o anonimato, conta que a terra tremeu rapidamente, mas que assustou a todos. "Aqui está muito quente e tenho mania de deitar no chão que fica geladinho. Quando estava deitada, escutei um barulho enorme e que estar dentro do meu carro. Como perto da casa o meu tio tem máquina retroescavadeira e caminhão, achei que era. Mas depois todo mundo começou a falar nas redes sociais”, contou. 

A secretária afirma que depois de saber que se tratava de um tremor de terra, o medo aumentou. "Assusta muito, dá uma coisa no estômago. Fiquei com muito medo. A parede vibrou bastante, assim com as janelas. Mas foi muito rápido", disse. 

Outra moradora do distrito, uma comerciante que também preferiu não se identificar, contou que estava em Senhora do Remédio, na academia, quando o tremor aconteceu. "Quando terminou o treino, uma colega recebeu uma mensagem da mãe relatando que as janelas e portas balançaram. Nós não sentimos e achamos graça. Mas, depois, todo mundo da cidade estava comentando", recordou. 

A comerciante, que também mora em Japão, disse que várias pessoas do distrito estão assustadas. “O pessoal relatou que deu um estalo forte e que vibrou bastante. Alguns relataram que teve uma claridade. Não se fala mais em outra coisa. Temos um grupo nas redes sociais que não para de chegar mensagens”, contou. 

Registro sismológico

O tremor de terra em Senhora do Remédio foi registrado pelo Observatório Sismológico da Universidade de Brasília (UnB). O sismo foi de 2.2 na escala Richter, o que é considerado fraco. Ele foi detectado por 10 estações. 

Outros casos

Ao menos outros dois tremores de terra foram registrados em Minas Gerais neste ano. Em 20 de maio, moradores de cidades do Sul de Minas Gerais e do interior de São Paulo foram surpreendidos por um sismo. De acordo com o Observatório Sismológico da Universidade de Brasília (UnB), o epicentro ocorreu em Delfinópolis, no interior do estado. O tremor foi de 3.9 na Escala Richter. As causas ainda não foram identificadas. 

Em janeiro, o tremor provocou danos. A terra tremeu em Bonito de Minas, no Norte de Minas, em 21 de janeiro. Moradores ficaram mais amedrontados em localidades rurais do município, onde o impacto do abalo sísmico foi mais forte. Em uma fazenda, o tremor derrubou a cobertura de uma casa de curral, mas sem deixar vítimas ou ferir os animais, segundo o dono da propriedade. De acordo com os registros do Observatório Sismológico (Obsis) da UnB, o tremor foi de 2,59 na Escala Richter.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade