Publicidade

Correio Braziliense

Livro apresenta a Constituição para crianças em formato de quadrinhos

A obra trata de artigos de interesse da fase infanto-juvenil de maneira clara e didática. O livro pode ser adquirido na internet


postado em 16/10/2019 18:51 / atualizado em 16/10/2019 18:51

O lançamento do livro contou com a presença do maior fã de Júlio, o filho Ian Pedro, de 4 anos(foto: Ieva Martinaitis/Divulgação)
O lançamento do livro contou com a presença do maior fã de Júlio, o filho Ian Pedro, de 4 anos (foto: Ieva Martinaitis/Divulgação)
Ensinar os principais pontos da Constituição da República Federativa do Brasil de modo atrativo e didático a crianças é um desafio. No entanto, é de suma importância que os pequenos estejam desde cedo cientes das normas e direitos que o tornam um cidadão. Com esse objetivo, o advogado e professor universitário Júlio Hidalgo lançou o livro Constituição para crianças em quadrinhos, que trata o tema de maneira fácil e divertida. 

Com mais de 20 anos de experiência jurídica e docente, Hidalgo conta que a inspiração surgiu quando, em uma aula sobre o artigo 7º da Constituição, apenas uma criança, levada pela mãe para a faculdade, tinha dúvidas sobre o assunto. "A dúvida era se a mãe mandar arrumar o quarto era trabalho infantil. Todo mundo riu, claro. Mas, ali eu percebi que as crianças também têm o desejo de saber quais são seus direitos", relembra. 

O livro trata de artigos interessantes a crianças, adolescentes, pais e educadores, como o artigo 5º que prevê que "todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza". De acordo com Hidalgo, a obra trabalha também bullying, liberdade de expressão, direito político, proteção ao meio ambiente, ao patrimônio público e a infância. O livro foi submetido à revisão de uma pedagoga. 

Além de advogado, Hidalgo realiza palestras em escolas públicas e privadas sobre os direitos e deveres contidos na Carta Magna para o público infanto-juvenil. Ele conta que têm planos de lançar mais dois livros sobre o assunto no próximo ano. "No dia a dia, eu ensino as pessoas a serem advogadas, juízes ou promotoras. Já os livros me permitem formar cidadãos para o futuro”, afirma. O livro está disponível para venda no site juliohidalgo.com.br

De acordo com Hidalgo, conhecer o conteúdo da Constituição garante que as pessoas tenham noção dos direitos. "Boa parte da população acredita que o exercício da cidadania se resume a votar e ser votado. Isso é muito pouco para ser um cidadão, a pessoa tem que saber que é sujeita a uma série de direitos e uma série de deveres", explica. "Aprendendo desde criança os seus direitos, será um cidadão mais consciente". Em 2018, a Constituição brasileira completou 30 anos.

O lançamento ocorreu em São Paulo, no último sábado (12/10), com o apoio do Instituto Brasileiro de Direito Constitucional.

*Estagiária sob a supervisão de Roberto Fonseca

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade