Publicidade

Correio Braziliense

Mesmo sem horário de verão, celulares adiantam relógio em uma hora

O horário foi atualizado automaticamente pelas operadoras de telefonia, mas o presidente Jair Bolsonaro havia suspendido a medida no início do ano


postado em 20/10/2019 10:22 / atualizado em 20/10/2019 10:34

O horário de verão começava tradicionalmente no terceiro fim de semana de outubro(foto: Caio Gomez/CB/D.A Press)
O horário de verão começava tradicionalmente no terceiro fim de semana de outubro (foto: Caio Gomez/CB/D.A Press)
Na manhã deste domingo (20/10), parte da população foi surpreendida pela atualização errônea do horário de verão em celulares e outros dispositivos.

O horário foi atualizado automaticamente pelas operadoras de telefonia, já que o horário de verão começava tradicionalmente no terceiro final de semana de outubro, na madrugada entre sábado e domingo. Neste ano, porém, um decreto do presidente Jair Bolsonaro suspendeu a medida para economia de energia.

Que horas são?


A atualização é realizada de acordo com Banco de Dados Global da Iana (Autoridade para Atribuição de Números de Internet, na sigla em inglês), usado pelos dispositivos eletrônicos. Para evitar a confusão, é necessário entrar no sistema de configuração de horários e desmarcar opções automáticas de "data e hora" e de "fuso horário".

A confusão com o novo horário repercutiu nas redes sociais. De acordo com o monitoramento do Google Trends, o termo "Quantas horas" teve mais de 5 mil pesquisas. Já no Twitter, o assunto ficou em primeiro lugar nos Trending Topics. Vários usuários relataram a confusão e muita gente chegou com antecedência aos compromissos deste domingo.

No ano passado, em que o horário de verão começou em 4 de novembro, o terceiro final de semana de outubro também foi marcado por confusão, já que celulares foram atualizados automaticamente.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade