Publicidade

Correio Braziliense

Senador pede decretação de emergência em estados atingidos por óleo

O documento do parlamentar ainda será submetido ao plenário da Casa, mas foi adiantado ao presidente em exercício Hamilton Mourão


postado em 22/10/2019 20:43

(foto: Clemente Coelho Júnior/Instituto Bioma Brasil)
(foto: Clemente Coelho Júnior/Instituto Bioma Brasil)
O presidente da Comissão de Meio Ambiente do Senado, Fabiano Contarato (Rede-ES), entregou na tarde desta terça-feira (22/10) ao presidente interino, Hamilton Mourão, um documento com a sugestão de oito medidas para auxílio no combate ao vazamento de óleo. A principal delas, pede a decretação de emergência ambiental em estados do Nordeste atingidos pelo derrame. O documento ainda será submetido ao plenário da Casa, mas foi adiantado a Mourão pelos também presentes, os senadores Humberto Costa (PT-PE) e Jean Paul-Prates (PT-RN). O encontro ocorreu no Palácio do Planalto.

“A população está sofrendo e nós não podemos nos intimidar, vamos dizer assim, e nos acovardar diante dessa situação. Já chega de desmonte na área ambiental. Infelizmente, a área ambiental no Brasil está sendo violada diuturnamente”, apontou Contarato.

Na saída do Planalto, Mourão afirmou que a maior parte das medidas presentes no texto já estão em andamento pelo governo federal.

Especificamente sobre o pedido de decretação de emergência ambiental, Mourão disse que a hipótese será analisada.

“Vamos analisar aí dentro da área jurídica e uma vez que seja viável, vou conversar com o presidente Bolsonaro. Se for o caso, se toma a decisão”,concluiu.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade