Publicidade

Correio Braziliense

Em Minas Gerais, exclusão de grupo no WhatsApp vai parar na Justiça

Documento foi elaborado na comarca de Barbacena, na Região Central do estado. Alvo é uma mulher que terá que explicar por que retirou uma pessoa de grupo no aplicativo


postado em 29/10/2019 14:26 / atualizado em 29/10/2019 14:28

(foto: Yasuyoshi Chiba/AFP)
(foto: Yasuyoshi Chiba/AFP)
Uma notificação inusitada chamou atenção nas redes sociais, na manhã desta terça-feira (29/10): uma mulher foi notificada para comparecer à Justiça para prestar explicações sobre os motivos pelos quais excluiu uma pessoa do grupo do WhatsApp

 

O ofício foi enviado em 14 de outubro e a veracidade do documento foi confirmada pela assessoria de imprensa do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG). 

 

O documento foi elaborado pelo Promotor de Justiça Luiz Paulo Bhering Nogueira na comarca de Barbacena, na Região Central do estado. O Estado de Minas entrou em contato com o MPMG para obter mais detalhes do caso e aguarda resposta.  

 

 

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade