Publicidade

Correio Braziliense

Capitão do tetra, Henri se emociona com ídolo do penta

Zagueiro que ergueu o troféu após virada sobre o México sonhava em repetir o feito imortalizado por Cafu na Copa de 2002


postado em 17/11/2019 22:17

(foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)
(foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)

Responsável por erguer a taça do tetra, o zagueiro Henri, do Palmeiras, emocionou-se com a presença do ídolo Cafu durante a premiação no gramado do Bezerrão depois da virada por 2 x 1 sobre o México na final do Mundial Sub-17. "Ele é brasileiro e a gente sabe que ele estava torcendo pela gente. A pressão não foi tanta assim, mas eu sonhava desde criança com isso e realizei. A gente imaginava esse título. Soubemos manter o foco”, disse o zagueiro durante a passagem pela zona mista no contato com os jornalistas.

Eleito o melhor jogador do Mundial Sub-17, o atacante do Palmeiras Gabriel Verón fez o Brasil esquecer a ausência de Reinier e a contusão de Talles Magno nas oitavas de final. Feliz pelo que trabalhei essa temporada. Dei o meu melhor em todos os jogos. Fico muito feliz pelos dois títulos (mundiais por Palmeiras e Seleção). Dedico esse individual para todo esse grupo. Estou muito feliz. Esse jogo foi muito parecido com o da França. Muito forte mentalmente”, comemorou.

Matheus Donelli, do Corinthians, conquistou a Luva de Ouro, entregou ao melhor goleiro do torneio. "Muito feliz pelo título e pelo prêmio individual. A gente não imagina que seja tão cedo. Vamos trabalhar para chegar mais longe", promete, depois de brilhar no estádio diante de um ídolo eleito número 1 da posição em 2010. "O Julio é um grande goleiro e uma grande pessoa. Um atleta e pessoa que admiro. Estou muito feliz e grato. O prêmio individual nunca foi o objetivo central, e sim uma consequência”, explicou.

Cão de guarda da defesa, o volante Daniel Cabral fez questão de lembrar do companheiro Talles Magno, cortado nas oitavas de final devido a uma lesão. “Ele faz muita falta. Queria muito estar aqui. Feliz por dar esse titulo a ele. Agora, é comemorar com a família. Muito pagode e festa com os amigos la na Baixada Fluminense”, brincou o jogador do Flamengo.
Ver galeria . 12 Fotos Mariana Fraga/CB/D.A Press
(foto: Mariana Fraga/CB/D.A Press )

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade