Publicidade

Correio Braziliense

Rio de Janeiro: Homem mata a tiros moradora de rua após ela pedir R$ 1

Imagens de câmeras de segurança que mostram o crime ajudaram a polícia na identificação do autor do homicídio


postado em 20/11/2019 11:09 / atualizado em 20/11/2019 12:09

(foto: Reprodução)
(foto: Reprodução)
A Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu um homem acusado de ter matado uma mulher em situação de rua após ela pedir esmolas para ele. Zilda Henrique dos Santos Leandro foi morta a tiros por Aderbal Ramos de Castro, no Centro de Niterói, no último sábado (16/11).

 

Imagens de câmeras de segurança que mostram o crime ajudaram a polícia na identificação do autor do homicídio. Na delegacia, Aderbal confessou ter atirado e alegou que a vítima teria tentado praticar um roubo, versão que foi descartada pela polícia. 

 

A arma utilizada na execuçãoestava com o investigado e foi apreendida. A prisão temporária de Aderbal foi decretada no plantão judicial, após representação da Polícia Civil. A mulher chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos. Segundo a polícia, Zilda era conhecida como Néia e abordou Castro para pedir R$ 1.

As imagens

Imagens das câmeras de segurança mostram o momento em que a mulher aparece falando com ele e gesticulando. Castro tenta desviar da mulher, mas ela o segue. Logo depois, ele saca um revólver calibre 38 e dispara duas vezes contra Néia.
 

O homem sai andando sem pressa pela calçada, segurando a arma, enquanto a vítima agoniza no chão. Outra mulher, que testemunhou o crime, tenta pedir ajuda a motoristas que passam pelo local, mas ninguém para. Após a chegada da polícia, finalmente, Néia é socorrida pelo Corpo de Bombeiros e levada para o Hospital Estadual Azevedo Lima. Ela não resistiu aos ferimentos.



Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade